Dia Mundial da Saúde

FSP USP comemora Dia Mundial da Saúde discutindo gestões de serviços de saúde

A Comissão de Cultura e Extensão Universitária da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, realizará como atividade de comemoração ao Dia Mundial da Saúde – 2010 um Debate sobre as diferentes modalidades de gestão em saúde pública.

DEBATE: Implicações para a Saúde Pública, das diferentes modalidades de gestão em saúde Data: 7 de abril de 2010 das 14h às 18h

Local: FSP/USP – Faculdade de Saúde Pública da USP – Av. Dr. Arnaldo, 715 – Auditório João Yunes – São Paulo.

CONVIDADOS

Maria do Carmo Cabral Carpintéro – Conselho de Secretários Municipais de Saúde de São Paulo (COSEMS-SP)- Administração Direta

Nivaldo Carneiro – Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo – Organizações Sociais de Saúde

Valéria Salgado – Ministério do Planejamento – Fundações Estatais de Direito Privado

Christian Mendez Alcântara – Universidade Federal do Paraná – Modelo Gerencial: Organizações Não-Estatais e o Princípio da Eficiência

O evento é aberto a qualquer interessado sem necessidade de inscrição. Não será fornecido certificado de participação.

Mais informações pelo e-mail: pcnarvai@usp.br ou pelo tel.: 11-3061-7782.

Anúncios

Mostras de Filmes: Alimentação e Transgênicos

PROGRAMAÇÃO (veja sinopses no final)
______________________________

__________________________
27/MAR – Sáb
.
18h – Comida, S.A. – Food, Inc.| EUA, 2008, 94′
19:40 – Neste Chão Tudo Dá – Semeando Conhecimento e Colhendo Resultados | BR, 08, 22′
20h – O Mundo segundo a Monsanto – Le monde selon Monsanto | França, 2008, 108′
.
__________________________________________________
28/MAR – Dom
.
15h – O Futuro da Comida – The future of the food | EUA, 2004, 56′
16h – No Mundo de 2020 – SOylent green (FICÇÃO) | EUA, 1973, 97′
18h – Nós alimentamos o mundo – We feed the World | Áustria, 2005, 96′
19:30 – Transgénicos – A Manipulação dos Campos | 2005, 23′
20h – Fome de Soja – Hambre de Soja | ARG, 2000, 51′
21h – * DEBATE *
.
No domingo serviremos almoço vegano a R$ 10,00 com renda revertida para sustento do espaço espaço autogestionário Ay-Carmela a partir das 13h.  Salgadinhos veganos, cerveja e refrescos (durante todo o dia).
.
Local: R. das Carmelitas, 140 – Metro Sé (saída Poupa Tempo) – São Paulo – SP – Brasil | tel: 55 11 3104 4330
.

organização: CMI-SP
www.midiaindependente.org
.
Cartaz grande do evento em:
http://ay-carmela.birosca.org/node/381
.
# SINOPSES #
________________________________________
* Comida, S.A. – Food, Inc.
EUA, 2008, 94′ – Direção: Robert Kenner
.
Se você ainda acredita nas imagens das belas fazendas estampadas nas embalagens da comida que você compra nos supermercados, assista a esse filme.
Um número reduzido de poderosas corporações está dominando quase todo o mercado americano de comidas. E sendo corporações, a visão sobre o assunto é lucro e não saúde. Talvez seja por isso que a maioria dos diretores dos órgãos de controle nos EUA seja ex-funcionários de grandes empresas.
Veja como isso se reflete na qualidade dos produtos que ingerimos, veja como estão mudando a criação desses animais e como estão mudando esses próprios animais. Conheça os riscos para as pessoas e para o planeta.
Para qualquer um que busque qualidade de vida e saúde, sugerimos assistir a esse documentário.
.
retirado de:  http://docverdade.blogspot.com/2009/11/food-inc-comida-sa-2008.html
.
______________________________________________________________________
* Neste Chão Tudo Dá – Semeando Conhecimento e Colhendo Resultados
BR, 08, 22′ – Direção: Felipe Pasini
.
Produção de alimentos aliada à sustentabilidade da fauna e flora, à inclusão social do camponês, à emancipação econômica, à variedade das espécies vegetais, sem uso de defensivos ou adubos químicos, pode ser possível?
Descubra a policultura da Agrofloresta;
Veja esse curto documentário e testemunhe o conhecimento, que vem se disseminando na Bahia entre os pequenos agricultores, tão valioso que pode mudar o destino da produção de alimentos, caso a humanidade acorde para a questão.
.
retirado de: http://docverdade.blogspot.com/2009/12/neste-chao-tudo-da-semeando_04.ht…
.
______________________________________________________________________
* 20h – O Mundo segundo a Monsanto – Le monde selon Monsanto
França, 2008, 108′ – Direção: Marie-Monique Robin
.
Monsanto: Não haverá nenhum alimento que não seja da nossa empresa !!!
.
A multinacional Monsanto produz 90% dos transgénicos plantados no mundo e tem
uma posição dominante no mercado global de sementes. Resultado de um trabalho de
três anos de investigação da jornalista francesa Marie-Monique Robin, o livro Le
Monde Selon Monsanto (O Mundo Segundo a Monsanto) e o documentário homônimo são
um libelo contra os produtos e o lobby daquela multinacional.
O trabalho denuncia as ações da Monsanto para divulgar estudos científicos
duvidosos de apoio às suas pesquisas e produtos, a exemplo do que fez durante
muitos anos a indústria do tabaco, e relaciona a expansão dos grãos de sementes
da Monsanto com os suicídios de agricultores na Índia, não se esquecendo de
trazer à memória os casos de contaminação pelo produto químico PCB .
Refere-se ainda as relações políticas da empresa que permitiram a libertação do
plantio de transgênicos nos Estados Unidos.
Em 2007, havia mais de 100 milhões de hectares plantados com sementes
geneticamente modificadas, metade nos EUA e o restante em países emergentes como
a Argentina, a China e o Brasil.
No filme fala-se por exemplo de histórias como esta:
Com o plantio de sementes patenteadas pela Monsanto, o pólen destas “contamina”
outras variedades existentes na região, que passam a produzir sementes com as
características das da Monsanto. Esta então PROCESSA os produtores vizinhos e
EXIGE legalmente destes o pagamento de royalties à empresa, POR ESTAREM
PRODUZINDO sementes que são patentes dela.
O filme conta também como a Monsanto se envolveu no Projeto Manhatan, que deu
origem à bomba atômica; conta como a Monsanto participou da Guerra do Vietnam
com o agente laranja; conta como a Monsanto age para calar qualquer voz que
ameace falar contra algo que ela produz; conta como a Monsanto tem destruído a
agricultura dos países em desenvolvimento. Enfim, conta como a Monsanto atua nos
seus negócios, colocando o lucro acima de tudo e triturando tudo o que for
preciso.
.
retirado de: http://br.groups.yahoo.com/group/permacultura-br/message/26714
.
____________________________________________________________________________
* O Futuro da Comida – The future of the food
EUA, 2004, 56′ – Direção: Deborah Koons
.
Você sabia que a quantidade de pães não vendidos jogados ao lixo em Viena é suficiente para alimentar a segunda maior cidade da Áustria?
Que 4/5 do trigo da Suíça vem da Índia, onde há 200 milhões de pessoas subnutridas?
Que agricultores de muitos países de terceiro mundo estão abandonando a terra devido à concorrência dos produtos subvencionados da Europa e EUA?
Que as grandes corporações estão cada vez mais dominando o mercado mundial de sementes e alimentos, colocando em risco a soberania alimentar da maioria dos países?
Quais a consequências da globalização nos alimentos da população mundial?
Já pensou que a fome no mundo pode estar relacionada diretamente na nossa forma de consumo?
.
retirado de: http://docverdade.blogspot.com/2009/06/we-feed-world-2005.html
.
______________________________________________________________________________
* No Mundo de 2020 – Soylent Green (FICÇÃO)
EUA, 1973, 97′ – Direção: Richard Fleischer
.
Em 2022 a face da Terra está bem modificada. Em Nova York há 40 milhões de habitantes e o efeito estufa aumentou muito a temperatura, deixando o calor ficar quase insuportável.
No entanto os ricos vivem em condomínios de luxo, onde belas mulheres são parte da mobília. Mas a comida está escassa para todos, tanto que um vidro de geléia de morango custa 150 dólares. Neste contexto é assassinado um milionário, William R. Simonson (Joseph Cotten), que quando viu que seria morto não esboçou gesto nenhum para se defender. O detetive Robert Thorn (Charlton Heston) é designado para investigar o caso e constata algo realmente estarrecedor.
.
retirado de: http://djyatta.blogspot.com/2009/10/no-mundo-de-2020-soylent-green-1973….
.
_______________________________________________________________________________
* Nós alimentamos o mundo – We feed the World
Áustria, 2005, 96′- Direção: Erwin Wagenhofer
.
Você sabia que a quantidade de pães não vendidos jogados ao lixo em Viena é suficiente para alimentar a segunda maior cidade da Áustria?
Que 4/5 do trigo da Suíça vem da Índia, onde há 200 milhões de pessoas subnutridas?
Que agricultores de muitos países de terceiro mundo estão abandonando a terra devido à concorrência dos produtos subvencionados da Europa e EUA?
Que as grandes corporações estão cada vez mais dominando o mercado mundial de sementes e alimentos, colocando em risco a soberania alimentar da maioria dos países?
Quais a consequências da globalização nos alimentos da população mundial?
Já pensou que a fome no mundo pode estar relacionada diretamente na nossa forma de consumo?
.
retirado de: http://docverdade.blogspot.com/2009/06/we-feed-world-2005.html
.
________________________________________________________________________________
* Transgénicos – A Manipulação dos Campos 2005 – Aliens in the field
Reino Unido, 2005, 23′ – Direção: Ulrike Julie Hensel
.
As novas culturas e alimentos transgénicos estão a mudar o Mundo,
sendo apresentados como exemplos a reacção em três países: Índia, Zâmbia e
Argentina. A Índia foi aliciada ao cultivo do algodão transgénico prometendo
aumento de rendimento aos agricultores que se encontravam em situação de
desespero. A Zâmbia surpreendeu a comunidade internacional quando recusou
a ajuda alimentar quando se soube que eram alimentos transgénicos. Já a
Argentina acolheu “de braços abertos” o cultivo de soja transgénica, pelo que
metade da Argentina cultiva uma única variedade de soja.
.
retirado de: http://stopogm.net/?q=node/543
.
__________________________________________________________________________________
* Fome de Soja – Hambre de Soja
Argentina, 2000, 51′ – Direção: Marcelo Viñas
.
Nos últimos anos a agricultura Argentina aumentou sua produção a níveis antes nunca imaginados graças ao cultivo da soja transgênica. Sem embargo, esta soja é o principal inimigo que a Argentina tem como país agropecuário e produtor de alimentos. A soja permite aumentar a produção, mas produz a desertificação do solo, uma massiva contaminação ambiental, perdas irreparáveis na biodiversidade de ambientes naturais, o desaparecimento de alimentos básicos e um aumento da desocupação, a fome e a indigência. A cópia original desde documentário, lançado em 2004, foi gentilmente cedida pelo diretor para a dublagem ao português, acreditando o autor na importância de seus registros para os países da América Latina.

Seminário Estudos de Gênero na USP

O estudo das relações de gênero surge da proliferação dos chamados “estudos das mulheres”, que se iniciam nos anos 80 e são aprofundados pelo feminismo no interior da academia. Diferentes movimentos feministas começam a debater a condição da mulher no Brasil. As ciências humanas e sociais, particularmente a sociologia, a demografia e a historia, e em seguida a área de saúde, educação, direito, economia e políticas públicas, entre outras, produzem trabalhos abordando diferentes temáticas, com uma perspectiva de re-descrever a mulher. Assim, os estudos de gênero no Brasil crescem em qualidade e quantidade nos últimos 25 anos. O Núcleo de Estudos da Mulher e das Relações de Gênero da USP, fundado em 1985, tem um papel seminal neste processo. Este evento é um encontro para celebrar este quarto de século e vislumbrar o futuro, num diálogo das várias gerações de ativistas e pesquisadore(a)s.

Data: 26/03/10 das 8h30 às 17h15
Local: FSP/USP – Av. Dr. Arnaldo, 715 – Sala Paula Souza

Clique para ver a programação:  SeminárioGênero

De volta!

Olá a todas e todos!

Depois de um tempinho sem atualização, estamos de volta com tudo para nos comunicarmos também pelo blog do CAER!

Aos pouquinhos vamos colocando aqui as principais notícias e novidades que sejam relevantes para a nossa formação, tanto pessoal, como acadêmica, política e cultural.

Esperamos contar sempre com a sua visita, comentários e sugestões!

Grande abraço!

Gestão Tá Na Rua, Manifesta! – CAER 2010