Aconteceu na USP…

ATO contra Homofobia

Este slideshow necessita de JavaScript.

↑ Fotos do Ato contra homofobia.

No dia 04/05, às 18hs, aconteceu o “ATO contra a Homofobia”, no gramado da Faculdade de Ciências Farmacêuticas.

Em oposição às declarações incentivando violência aos homosexuais, do jornal “O Parasita”, elaborado por estudantes da FCF, o ATO reuniu cerca de 200 pessoas e contou com falas expressivas de estudantes, representantes de Centros Acadêmicos e do DCE contra práticas homofóbica dentro e fora da Universidade e em defesa do direito à liberdade. 

Depois, os estudantes saíram em passeata pelo corredor da Farmácia pronunciando palavras de ordem como “Contra a homofobia/A luta é todo dia” e “Abaixo ‘O Parasita'”.

→ Moção de repúdio (feita pelo DCE e referendada pelo CAER) às declarações homofóbicas do jornal “O Parasita” de estudantes da Farmácia.  

São Paulo, 26 de Abril de 2010

O Diretório Central dos Estudantes Livre Alexandre Vanucci Leme da USP, tendo em vista as recentes publicações do jornal “O Parasita”, feito por estudantes do curso de Farmácia, em que incita ações homofóbicas entre os estudantes, dentre outras declarações,destaca-se “ … O Parasita lança um desafio, jogue merda em um viado, que você receberá, totalmente grátis, um convite de luxo para a Festa Brega 2010.”, declara:

 O DCE-Livre da USP, entidade histórica na defesa dos Direitos Humanos, da Democracia e da liberdade de expressão, repudia qualquer ação de cunho machista, homofóbico e racista que se  façam na sociedade. Lamentamos que estudantes com o argumento da ‘brincadeira’ possam incitar violência psicológica e física entre seus pares na Universidade, espaço que acreditamos ser de reflexão e diálogo para construção de indivíduos críticos e socialmente comprometidos com mudanças sociais e que possam combater qualquer tipo de opressão às minorias, que historicamente têm sofrido violência e criminalização.

 A homofobia, como manifestação a aversão e ódio às pessoas que têm orientação sexual diferente da heterossexual, não pode ser naturalizada na sociedade. Deve ser combatida como instrumento para garantir os Direitos Humanos e as liberdades individuais. Declarações como essas reafirmam também o caráter machista em que estamos inserid@s, em que a lógica dominante é oprimir aqueles que não  representam uma heterossexualidade masculina. É um retrocesso percebermos que apesar do Artigo 5 da Constituição Federal, em que garante igualdade entre tod@s sem distinção de qualquer natureza, tenhamos ainda impunidade por falta de legislação específica que criminalize a homofobia.   

Destacamos que o repudio não se refere somente ao fato mencionado acima, mais qualquer informação veiculada neste jornal, de caráter extremamente machista, inclusive desconstruindo, através de ‘piadas’, as lutas históricas das mulheres no dia 8 de Março, além de reafirmar uma concepção reducionista e machista onde o corpo das mulheres são meros objetos de prazer masculino, como segue a declaração  “este guia foi preparado especialmente para você, calouro, que durante um momento de carência possa necessitar de uma vulva para acalentar sua noite (principalmente depois das cervejadas do Futsal)”.

É urgente pautarmos a desconstrução de preconceitos , violências e machismo que insistem em se colocar na pauta do dia nas Universidade, nas escolas e na Sociedade como um todo.  

O DCE estará empenhado ema articular e promover intervenções para que possamos discutir e desconstruir esse tipo de conduta dentro da Universidade, para garantir que cada vez mais tenhamos uma Universidade mais democrática e de tod@s.

DCE- Livre da USP – Gestão “Melodia”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s