Os dias em que viramos milhões

A ultima semana valeu por anos, vimos dezenas de estudantes da FSP irem às ruas pela primeira vez, realidade que se refletiu no país inteiro. O reconhecimento da rua como espaço de reivindicação, representa um passo enorme em direção aos nossos sonhos! E nessa quarta-feira (19) isso ficou mais do que provado: O prefeito Fernando Haddad e o governador Geraldo Alckimin, desceram do salto, e revogaram o aumento das tarifas do transporte público, o mesmo se repetiu em mais de 100 cidades brasileiras.

Após tanta caminhada, acompanhada de lágrima (proporcionada gentilmente pela repressão escandalosa da Polícia Militar), vinagre, gritos e tinta, ao som de “3,20 é um assalto”, a nossa geração obteve sua primeira grande vitória, que deve ser muito comemorada! Contudo, sabemos que “nããão, sããão, só vinte centavooos” e que a juventude segue nas ruas muito indignada! Queremos passe livre pros estudantes, saúde, educação, combate à impunidade aos corruptos e corruptores, que as áreas sociais tenham tanta prioridade como temos pra Copa do Mundo! Além disso, não nos esquecemos do Feliciano, que se aproveitou o foco contra o aumento, para aprovar um projeto preconceituoso como a “cura gay”!

Para seguirmos nas ruas, precisamos nos organizar! Para isso o CAER, está convocando para o dia 28/06, sexta-feira, às 16h30 em frente ao Espaço dxs Estudantes, uma “Plenária sobre as Mobilizações Nacionais”, onde todos os estudantes poderão colocar sua opinião!

Esperamos você!

Confirme no evento do Facebook: http://www.facebook.com/events/123503981193798/?fref=ts

P.S. :

plenário

adj.

1. Pleno, inteiro, completo.

adj. s. m.

2. Diz-se duma reunião, etc., em que todos os membros são convocados, e que é discutido um determinado tema.

plenária CAER

É hora de luta: um debate sobre as mobilizações da juventude e do povo em todo o país

O CAER convida todxs xs estudantes da FSP para participarem desta atividade organizada pelo DCE Livre da USP que debaterá as mobilizações que tomaram conta do Brasil!

Com a presença dos debatedores: Vladimir Safatle, Lúcio Gregori, Movimento Passe Livre, DCE Livre da USP e João Victor (geógrafo e professor da rede pública).

Na sala 14 da Ciências Sociais (FFLCH-USP).

Nos encontraremos às 17h em frente ao CAER para descermos para a Cidade Universitária!
Confirme o evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/203602443127928/?ref=22

Impoerdível!

1016644_496002640477677_2078699266_n

FSP no quinto ato contra o aumento da passagem! Alice acordou! Chega de país das maravilhas!

992888_654670714547172_664674757_n

Alice acordou! Chega de país das maravilhas!

Maravilhosamente esta última semana mostrou-se como um lindo despertar para grande parte da população brasileira. Tempos camufladamente confortáveis? Não mais. Com governantes que renegam a crescente inflação e crescimento econômico letárgico do país “imune” a recessão mundial, seria natural que os então “ilustríssimos” tampassem os olhos para os ventos que se apresentam.

Esta última semana foi marcada por uma reviravolta daquilo que foi extensamente esquecido nas últimas décadas: a democracia de fato. Os atos contra o aumento das passagens aqui na cidade de São Paulo foram mais do que a indignação pelo incremento de 20 centavos na utilização do transporte público. A verdade é que as indignações nacionais (que também se refletem por questões mundiais) não podem mais permanecer entorpecidas em face aos lobbys, bancadas parlamentares temáticas, fundamentalismo religioso e autoritarismo no poder. Estes foram os vinte centavos mais valiosos do país.

O Brasil já não é mais um país de “Alices”. Os “vândalos” descritos pela opinião pública, sobretudo pelas grandes mídias de imparcialidade duvidosa, são aqueles que concretizam a cada dia, a ideia de que um governo deve se dar para o povo e não para o próprio governo. Estes “terroristas” são a mesma classe média que em sua grande maioria, teve de arcar com as despesas de uma educação privada, educação esta que seria um direito unânime constitucionalmente instituído. São os mesmos que tiveram a oportunidade para o despertar em vista da concentração do acesso à saúde, do acesso a alimentação e ao direito de ir e vir, representados pelos preços e precarização do transporte público.

Estes são os 20 centavos mais valiosos dos últimos tempos. São os centavos de milhares  lutando por milhões. São os centavos do suspiro de vida de uma sociedade decrépita pela apatia e a falta de perspectiva. São os níqueis que tirarão o sono daqueles poucos que se resguardavam na certeza da morbidez de muitos.

Deixem de ser Alices, façam isso em paz. Não se assemelhem aos fardados, excrescentes do autoritarismo. O Brasil não é mais só o país da copa, com estádios financiados pelo dinheiro público, não é mais só o país do carnaval. Nossas maravilhas serão outras! Alice acordou!

Nós, do CAER, convidamos todxs xs estudantes da FSP para se concentrarem conosco antes do ato, para preparamos nossa intervenção e conversamos mais sobre a questão do aumento das passagens e do direito a cidade!

Estaremos a partir das 15h30 no jardim da FSP! Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/387978274653545/

Vamos fazer história nas ruas de São Paulo hoje!

#AruaÉnossa

Próximo cine-debate com o CAER: “O veneno está na mesa”

veneno está na mesa

Consumimos grande quantidade de agrotóxicos diariamente e, sem nos darmos conta, somos expostos a esses agentes nocivos a saúde do ser humano e do meio ambiente. Isso prova a fundamental importância de debatermos esse tema com a visão de Saúde Pública.

A política atual de produção de alimentos incentiva o agronegócio e favorece cada vez mais os interesses das companhias multinacionais, que encontram no Brasil uma grande porta aberta para multiplicar seus lucros e fazerem da população um verdadeiro laboratório onde introduzem seus produtos.

Diante disso o CAER convida a todas e todos para debatermos de que forma nós, profissionais da saúde, podemos atuar nessas questões, de maneira a garantir não só um alimento de qualidade na mesa dos brasileiros, mas também qualidade de vida, que é direito de todo cidadão.

Carregamento do bilhete do bandeijão da FSP ficará aberto até mais tarde às segundas!

Imagem

        Desde o começo do ano quando a tesouraria passou a fazer o carregamento dos cartões do bandejão, os alunos do período noturno tem tido muita dificuldade para colocar crédito em seus cartões, já que muitos não conseguiam chegar cedo na faculdade porque trabalham durante o dia.
A partir disso o CAER, juntamente com o representante discente do CTA e graças ao diálogo aberto que temos com a faculdade conseguimos entrar em um acordo com o setor financeiro para que, a partir de junho, toda segunda-feira, xs estudantes da FSP poderão carregar seus cartões do bandejão até às 19h.

Prova de que com a mobilização dos estudantes e o CAER, podemos intervir na FSP! E nós seguiremos lutando pela melhoria da assistência estudantil na universidade!