O Saúde +10, o Ato em Defesa da Saúde Pública e a participação dos estudantes da Nutrição e Saúde Pública

Em março de 2012 em Brasília formou-se o MOVIMENTO NACIONAL EM DEFESA DA SAÚDE PÚBLICA tendo como ponto de partida o Projeto de Lei de Iniciativa Popular que assegure o repasse efetivo e integral de 10% das receitas correntes brutas da União para a saúde pública brasileira. O projeto de iniciativa popular assinado por mais de 2 milhões de brasileiros foi aprovado no congresso do CONASEMS (congresso nacional dos secretários municipais de saúde) em julho de 2013 em Brasília.

Se aprovado o projeto, o SUS contará com um acréscimo para o orçamento do Ministério da Saúde de 2013 em cerca de R$ 40 bilhões, sendo 0,8% do PIB. O pleito do Projeto de Iniciativa Popular é importante para a sobrevivência do SUS, mas temos consciência de que não resolve por completo o subfinanciamento histórico da saúde pública no Brasil.  A história do SUS é marcada pelos problemas de financiamento. Os recursos públicos envolvidos sempre foram insuficientes para garantir uma saúde pública, universal, integral e de qualidade.

E qual é a importância dos alunos e das alunas da FSP com o Saúde +10 e o Ato em Defesa da Saúde Pública?

É importante destacar a necessidade de repolitização da reforma sanitária brasileira e lembrar que as centrais sindicais deram o primeiro passo para reaproximação de todo movimento social do país e incluir o movimento Saúde +10 em nossas pautas e na nossa futura prática profissional, sejamos nutricionistas ou sanitaristas.

 É importante também fortalecer o sistema público de saúde, que é a principal estratégia para diminuir as iniquidades e melhorar os indicadores de saúde do país. Além disso, aprofundar o debate sobre a formação no campo da saúde e fortalecer o movimento Saúde + 10 para combater o desfinanciamento do SUS.

Assim, convidamos a todos e todas para o ato em defesa da saúde publica que irá ocorrer no dia 2 de setembro as 12:30 horas no auditório principal do centro de convenções Rebouças. O Ato será uma atividade extra do 13º Congresso Paulista de Saúde Pública (31 agosto/4 setembro) e tem como eixo principal “O pública na saúde pública – A produção do (bem) comum” e reafirmar o SUS projeto ético-político exitoso, de sujeitos construtores de cidadania, e em defesa da dignidade e do direito à saúde como compromisso permanente de todos.

Imagem

Anúncios

Vem aí: XXX ENENUT!

O Centro Acadêmico Emílio Ribas (CAER) e a Executiva Nacional dos Estudantes de Nutrição convida tod@s @s estudantes para participar do Encontro Nacional de Estudantes de Nutrição (ENENUT), que acontecerá em Goiânia/GO, na Universidade Federal de Goiás, nos dias 11 a 17 de Agosto.

O ENENUT é o fórum máximo de organização estudantil da Executiva Nacional dos Estudantes de Nutrição (ENEN), durante 7 dias por ano, centenas de estudantes de Nutrição de todas as regiões do Brasil debatem, apresentam trabalhos científicos, produzem e difundem sua cultura, integram-se e trocam experiências.

O evento conta ainda com a presença das mais relevantes entidades e personalidades das áreas da saúde e da educação, o que mostra a importância do espaço.

O Encontro este ano terá como tema: “30 Anos de história e uma identidade em questão!”, em que o foco será debater sobre o perfil da identidade profissional do nutricionista e o papel do movimento estudantil neste contexto, durante sua história.

Os estudantes interessados em ir ao ENENUT 2013 preencham o formulário que consta no link: http://migre.me/fEyXA

Mais informações no site: http://www.enenut2013.com/

O CAER está tentando auxílio financeiro para que tod@s possam ir, e vivenciar a experiência de construir o movimento estudantil da nutrição.

182525_379185205462232_1676854364_n

Eleição Conselheiros da Sociedade Civil – CONSEA SP – Participe!

São Paulo é um dos oito estados brasileiros que ainda não aderiram ao Sistema Nacional de Segurança Alimentar (SISAN), que é um sistema público que reúne diversos setores do governo e sociedade civil a fim de promover programas e ações que garantam o Direito Humano à Alimentação Adequada.

Para aderir ao SISAN é necessária instituição da Câmara Interministerial de Segurança Alimentar (CAISAN) e do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional (CONSEA). No dia 26 de julho, através do decreto Nº 59.385, Estado de São Paulo finalmente cria a CAISAN-SP.

A CAISAN-SP deve elaborar e monitorar, em conjunto com o CONSEA-SP, o Plano Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional. A CAISAN-SP será composta por 19 secretarias de Estado e presidida pelo secretário de Agricultura e Abastecimento.

O CONSEA-SP está organizando em todo estado eleições para membros das Comissões Regionais de Segurança Alimentar e Nutricional, bem como eleições para representante da sociedade civil.  Na capital, a próxima reunião acontecerá dia 24/08 às 13h na Secretaria de Agricultura e Abastecimento.  No link abaixo é possível visualizar as datas nas demais regiões.

Direito-Humano-à-AlimentaçãoSabemos que a realização do Direito Humano à Alimentação Adequada se dá através das garantia dos demais direitos sociais e à vida digna. Nós, estudantes de nutrição e saúde pública, devemos participar e exigir programas e políticas de saúde e nutrição que garantam a autonomia do individuo/sociedade, e não políticas assistencialistas e higienistas que historicamente o governo aplica no Estado de São Paulo.

Mais informações:

http://www.consea.sp.gov.br/eleicoes_2013.php