EACH NA FSP: O QUE ISSO TEM VER COM VOCÊ?

asseachfsp

ATUALIZAÇÃO: 21/03/2014 – 23h47

O Centro Acadêmico Emílio Ribas participou da Assembleia dos Estudantes da EACH realizada nesta sexta-feira na Faculdade de Saúde Pública, sendo prevista das 18 às 22 horas.

A sala Paula Souza ficou pequena para as mais de 300 pessoas que compareceram à assembleia de hoje, dentre elas estudantes de Ciências da Atividade, Gestão de Políticas Públicas, Marketing, Obstetrícia, Têxtil e Moda, etc e membros da Comissão da Graduação da EACH. Nela foram discutidas as questões das voltas às aulas da EACH, possível realocação, o “Plano B” emitido na quinta-feira às 16h nas grandes mídias, rumo do campus EACH, propostas dos estudantes, votações etc

Não possuímos pareceres oficiais dos Centro Acadêmicos ou outras instituições/entidades, porém durante a Assembleia alguns critérios para uma possível realocação das aulas dos cursos das EACH foram reafirmados e votados:
– manutenção das aulas na zona leste;
não separação dos cursos entre si;
– local com condições salubres;
– etc.

Ressaltamos que estas questões vão muito além da retomada das aulas, durante a Assembleia muitos relembraram que o campus nunca foi de grande aprovação pelos reitor e diretores, anteriores e atuais.
Seria coincidência que alguns de seus cursos tenham sofrido ultimamente ameaça de deixarem de existirem, como a Obstetrícia?
A marginalização dos cursos, do campus e da região sempre foram gritantes, porém, felizmente, a maioria dos estudantes estão unidos a favor dos interesses coletivos, lutando pela volta às aulas, sim, mas no campus que tantos idealizaram, todos os cursos unidos para manterem sua força e terem seus primeiros anos comuns possíveis. E em uma região que diariamente sofre exclusão e discriminação, levando, assim, a educação superior e de qualidade a regiões mais afastadas.

Alguns estudantes propuseram as aulas na Cidade Universitária, em Pinheiros e outras em regiões, outros eram favoráveis ao cancelamento do semestre. A maioria decidiu, em votação, a manter os critérios da Assembleia anterior e retomá-los, sobretudo para manterem-se unidos e, assim, mais fortes para lutarem pela EACH na USP Leste perante a essa ameaça iminente de separação, fechamento de futuras vagas para seus cursos e “morte” do campus. Segue a fala de um estudante: “De que adianta um diploma de uma faculdade que não existe mais?”.

Resumindo…
Portanto, as aulas dos nossos colegas não começarão segunda-feira(24/03/2014), tampouco serão no campus Pinheiros (incluindo FSP). Há previsão de um ato terça-feira.

Apoiamos a EACH e estamos nesta luta, somos todos USP!

ATUALIZAÇÃO: 23/03/2014 – 01h09

Divulgamos a ata redigida pelo estudante de obstetrícia Vinícius Becker de Souza:
Ata assembleia estudantes EACH 22mar2014

Texto e foto por Nicole Reis.

____________________________________________

capture-20140321-111917

Olá pessoal, como todos sabem, o campus da USP Leste está interditado por fatores ambientais e, por causa disto, a faculdade foi fechada e o começo das aulas adiado até segunda ordem. Primeiro, a reitoria disse que as aulas voltariam no dia 10 de março, mas nada aconteceu, e agora nos foi dito que as aulas voltam no dia 24 de março (segunda-feira)…e daí que entra você nessa história.

Como o campus da USP Leste ainda está interditado, a reitora resolveu dividir os cursos por diversas faculdades, da USP ou não, e a FSP entra nessa história, junto com a FM, EE e POLI.
Nós do CAER, desde o começo, nos posicionamos a favor da luta dos estudantes da EACH, mas também precisamos saber da sua opinião e de suas ideias. Por isso, nós gostaríamos de ouvir de você, estudante da FSP:

O QUE VOCÊ ACHA DA VINDA DOS ESTUDANTES DA EACH PARA A FSP?

Fizemos um questionário online para ser respondido anonimamente. Não deixe de participar e contribuir para a melhoria de nossa faculdade e para o melhor acolhimento dos estudantes da EACH.

10150621_547460775352068_653862133_n

Também, convidamos a todos a virem hoje, às 18h, na Assembleia dos Estudantes da EACH, para ficar por cima do que está acontecendo em nossa universidade.

Fontes:
http://www.usp.br/imprensa/?p=37856
http://each.uspnet.usp.br/site/conteudo-imprensa-noticia.php?noticia=1752
http://www.estadao.com.br/noticias/vida,aulas-da-usp-leste-vao-para-campus-saude-e-instituicao-particular,1143091,0.htm

Calourada contará com ato contra a criminalização do movimento estudantil e por democracia na USP

Recentemente, os estudantes da USP e de todo Brasil foram surpreendidos com uma notícia absurda: o Ministério Público de São Paulo acusa 72 estudantes da universidade, detidos durante a violenta reintegração de posse do prédio da reitoria em 2011, por danos ao patrimônio público, pichação, desobediência judicial e formação de quadrilha. Em declarações à imprensa, a promotora Eliana Passarelli chegou a se referir aos estudantes como “bandidos”, afirmando que eles “associaram-se em quadrilha para o fim de cometer crimes”.

A USP é hoje uma das universidades mais antidemocráticas do país. Há três anos, o reitor Rodas ganha destaque nas páginas da imprensa com suas medidas autoritárias. Agora, é aberto espaço para que os estudantes da USP sejam diretamente criminalizados, em um ataque ao movimento estudantil e aos movimentos sociais de todo Brasil, que possuem o direito democrático de livre expressão e manifestação.

Mas lutar por democracia na universidade não é crime! Pelo contrário, essa será uma luta cada vez mais necessária em 2013, ano em que acontecerão novas eleições para reitor dentro da USP. Diante da absurda denúncia do Ministério Público, devemos, cada vez mais, defender a liberdade de pensamento e a legitimidade da manifestação política dentro e fora da universidade.

Tendo isso em vista, o DCE-Livre da USP organizará, na Calourada Unificada de 2013, um ato-público contra a criminalização do movimento estudantil e por democracia na USP. O espaço acontecerá às 19h, após a aula apresentada pelo professor Vladimir Safatle, e contará com a presença de inúmeros intelectuais, parlamentares, movimento sociais, sindicatos e ativistas que serão divulgados em breve. Fazemos, sobretudo, um amplo chamado a todos os estudantes da USP, calouros e veteranos, para que estejam presentes nessa grande manifestação democrática do movimento estudantil em defesa da liberdade de manifestação. Logo em seguida, acontecerá o show da Calourada Unificada 2013, no Velódromo do CEPE-USP, com a presença da cantora Tulipa Ruiz e muitos outros.

Não haverá democracia na USP enquanto 72 estudantes forem acusados por formação de quadrilha. A justiça de São Paulo deve arquivar imediatamente essa denúncia inconstitucional. Participe do ato-público na calourada unificada de 2013, dia 27/02!

calourada-20131

Assine: http://www.avaaz.org/po/petition/Pela_retirada_imediata_da_denuncia_do_MP_aos_72_estudantes_da_USP_por_formacao_de_quadrilha/

Detalhes sobre a calourada:

https://www.facebook.com/events/499768330069440/

Aconteceu: Matrícula dos calouros da FSP 2013

Nos dias 18 e 19 de fevereiro aconteceu na FSP a matrícula dos calouros de 2013.

Nesse ano ingressaram 120 novos alunos, 80 no curso de nutrição (turma 71) e 40 para o curso de Saúde Pública (turma 2).

A comissão da semana de recepção preparou muitas atividades para esse dia especial.

Houve o tradicional acolhimento com apadrinhamento, pintura, elefantinho, surf, batismo e outra atividades.

734964_10200644789026345_1001994888_n

602151_10200644781666161_1867791204_n

190316_10200644790106372_1713374073_n

58401_10200644762425680_1146387589_n

As entidades da faculdade também marcaram presença!!307358_492169510844442_330245590_n382196_492190440842349_705221229_n

Os pais que compareceram puderam conhecer a faculdade, conversar com os estudantes e tomar um delicioso café oferecido pelo Projeto Nutritiva_Alternativa em alimentação.

560161_492170870844306_1528423346_n

Neste momento é muito importante a participação dos pais, para eles é muito gratificante  participar de uma grande conquista dos filhos. Eles estavam muito animados e pintaram seus filhos! E também teve filho que pintou o pai..602153_492177114177015_2030703419_n379200_492176010843792_496604648_n

857516_10200644771585909_652277509_o

Parabéns aos novos alunos em breve mais informações sobre a semana de recepção..

Reservem a semana que vem para participar com a gente Cartaz semana de recepção 2013

Mais fotos aqui

482602_492169594177767_1552333000_n

A reitoria da USP não pode impedir a realização do show da Calourada 2013!

Há décadas, o movimento estudantil da USP organiza, de maneira autônoma, a recepção dos calouros à universidade. A chamada Calourada Unificada é construída pelo DCE, em conjunto com os Centros Acadêmicos, e reúne milhares de estudantes de toda a USP para um dia de debates, confraternização e festa.

E assim será também em 2013. Em janeiro, duas reuniões para a organização da calourada foram realizadas, reunindo quase 20 Centros Acadêmicos, de diversas unidades (FFLCH, FEA, Química, FSP, Direito e muitas outras), deliberando por uma programação especial para a recepção dos calouros. Nas várias mesas de debate, já estão confirmados nomes de relevância na comunidade USP — como o jurista Jorge Luiz Souto Maior e os filósofos Vladimir Safatle e Paulo Arantes —, assim como figuras de destaque para fora da universidade, como o Deputado Estadual Carlos Giannazi e o cartunista Carlos Latuff.

A calourada se encerra com a realização de um show, que reúne estudantes de toda USP para confraternizar o ingresso à universidade e terá a presença da artista Tulipa Ruiz. Esse ano o show terá uma importância ainda maior: em 2013, são completos 40 anos da morte de Alexandre Vannucchi Leme, estudante morto pela ditadura militar, que dá nome ao DCE-Livre e que necessita ter sempre a memória viva entre nós. Ao mesmo tempo, no dia 27/02 (o dia da calourada), será completo 1 mês da tragédia de Santa Maria, que tirou a vida de centenas de estudantes e que sensibilizou todo o país. Queremos que a calourada unificada deste ano, com seus debates, seu show, sua política e confraternização, seja também uma profunda manifestação de homenagem a todos os estudantes, tanto a Vannucchi Leme, que perdeu sua vida há tantos anos, quanto às vítimas da catástrofe acontecida no Rio Grande do Sul e a seus familiares.

Há três semanas, o DCE tem apresentado um projeto para a realização do evento e não obtém respostas positivas. No projeto, ressaltamos duas preocupações centrais: primeiramente, a realização de um evento que receba bem os calouros, com a devida infraestrutura e boas atrações musicais; e, ao mesmo tempo, a garantia da segurança de todos e o respeito às normas para a realização de um evento desse porte, seguindo todas as recomendações que a universidade utiliza e prevendo, para isso, o controle do número de pessoas no local do evento, o horário de realização, a contratação de equipes de limpeza, segurança, ambulâncias etc..

Há mais de uma semana, já conseguimos a reserva do local para a realização do show — o Velódromo, no Centro de Práticas Esportivas da USP. Para nossa surpresa, no entanto, mesmo tendo atendido, como dito, todas as normas para a realização desse tipo de evento dentro da universidade, a autorização para sua realização, bem como o auxílio para a contratação dos serviços necessários para garantia de sua segurança, ainda não foram concedidos pela reitoria da universidade.

Tal postura é lamentável ainda mais com a proximidade da tragédia em Santa Maria, em que a festa, que reunia muitos estudantes, ocorreu em um ambiente externo à Universidade Federal, e deixou clara a necessidade de que as universidades do Brasil possam receber, dentro de seus próprios espaços e garantindo a devida segurança, os eventos estudantis. Essa é a disposição do DCE-Livre e dos Centros Acadêmicos da USP que estão construindo a Calourada Unificada 2013, e esperamos que seja a disposição da reitoria da universidade.

O DCE seguirá pressionando a universidade para a realização do show da calourada de 2013. Ao mesmo tempo, deixamos claro: não será o sim ou o não da reitoria o que determinará a realização da calourada. O movimento estudantil da USP está comprometido com a realização deste evento de recepção aos calouros, que acontecerá no dia 27/02, quarta-feira. As mesas de debate e os convidados já estão confirmados. O local do show, no nosso entendimento, também já está definido: o Velódromo do CEPE-USP. Não vamos admitir que a reitoria vete essa iniciativa, em mais uma demonstração da falta de democracia na universidade, deixando os estudantes sem o apoio institucional que se espera da universidade para um evento dessa importância.

 

843943_436637616414180_1625744942_o

 

Evento no face:Show da calourada 2013

 

 

 

 

 

 

Fonte: DCE-livre da USP

Bem vindo novos alunos da Nutrição e da Saúde Pública FSP!!!

196443_105767282838924_5687238_n
CALOURO,
Seja bem vindo a uma nova fase em sua vida!
Muito estudo, provas, professores estranhos e veteranos  e festas maravilhosos te aguardam!
Nos dias 18 e 19 de Fevereiro estaremos esperando por vocês na Faculdade de Saúde Pública da USP para comemorarmos suas vitórias e apresentarmos a vida universitária!
Venham preferencialmente dia 18! É o dia que mais vem gente e caso dê algum problema na sua matrícula, da tempo de acertar dia 19!

Tragam seus pais, irmãos e amigos, afinal todos fizeram parte da sua luta contra a FUVEST! Venham com roupas que nós podemos sujar de tinta e preparem-se para passar o dia todo conosco e já entrarem no clima USPiano!

ATENÇÃO: nosso trote é opcional e muito tranquilo, ninguém o obrigará a fazer nada que você não queira! Mas essa passagem é muito divertida e única, não perca!

Vocês conhecerão nossas entidades, que estarão vendendo produtos legais como camisetas, moletons, livros, canecas, jalecos e muito mais! Tragam dinheiro, muitos dos produtos são limitados!!

Participem de todas atividades pois nós fazemos com muito carinho!!

Façam o impossível para estar presente no máximo de dias!!A matrícula e a primeira semana a gente nunca esquece..

Até lá!194050_105756656173320_3725966_o

 

Visitem: Grupo bixos 2013

Evento da matrícula

Evento da semana de recepção em breve

Canil é demolido pela reitoria – Nota de repúdio do DCE-Livre da USP

O CAER apoia o repúdio à demolição do Canil da ECA, fazemos das palavras do DCE  as nossas:

150672_479641658754858_1849642087_n

Na última sexta-feira, dia 21 de dezembro, em período de férias e perto do Natal, a reitoria demoliu o Canil, espaço estudantil tradicional, localizado na prainha da ECA, conhecido por abrigar atividades culturais e políticas dos estudantes de toda a USP.

A demolição é motivada pelo projeto da Nova ECA, que prevê a vinda da reitoria para seu prédio antigo, que já está em reforma. Este espaço estudantil, situado numa área central no campus, logo atrás da reitoria, seria uma pedra no caminho da nova reitoria. Além disso, a reitoria, nesta atitude anti-democrática, simplesmente ignora e descarta a história – e a opinião – das pessoas que ocupam e vivenciam determinado local, passando por cima de tudo aquilo que não se adaptou.

O DCE da USP manifesta seu repúdio a esta atitude arbitrária da reitoria, que visa avançar em seu projeto de reestruturação geográfica do campus e de controle e criminalização aos movimentos na universidade.
Esta decisão sequer passou pelos fóruns colegiados da USP, sendo tomada sem qualquer consulta a professores, funcionários ou estudantes. Exigimos que a diretoria da ECA se some a este repúdio à demolição do Canil, posicionando-se claramente ao lado da comunidade ECAna.

Só com uma grande mobilização pela democratização da USP em 2013 pode impedir que novas demolições venham a ocorrer e garantir os espaços estudantis que temos hoje.

Repúdio à demolição do Canil!
Não à Nova ECA de Rodas!
Em defesa dos espaços estudantis!

 

 

http://www.dceusp.org.br/2012/12/canil-demolido-pela-reitoria/