EACH NA FSP: O QUE ISSO TEM VER COM VOCÊ?

asseachfsp

ATUALIZAÇÃO: 21/03/2014 – 23h47

O Centro Acadêmico Emílio Ribas participou da Assembleia dos Estudantes da EACH realizada nesta sexta-feira na Faculdade de Saúde Pública, sendo prevista das 18 às 22 horas.

A sala Paula Souza ficou pequena para as mais de 300 pessoas que compareceram à assembleia de hoje, dentre elas estudantes de Ciências da Atividade, Gestão de Políticas Públicas, Marketing, Obstetrícia, Têxtil e Moda, etc e membros da Comissão da Graduação da EACH. Nela foram discutidas as questões das voltas às aulas da EACH, possível realocação, o “Plano B” emitido na quinta-feira às 16h nas grandes mídias, rumo do campus EACH, propostas dos estudantes, votações etc

Não possuímos pareceres oficiais dos Centro Acadêmicos ou outras instituições/entidades, porém durante a Assembleia alguns critérios para uma possível realocação das aulas dos cursos das EACH foram reafirmados e votados:
– manutenção das aulas na zona leste;
não separação dos cursos entre si;
– local com condições salubres;
– etc.

Ressaltamos que estas questões vão muito além da retomada das aulas, durante a Assembleia muitos relembraram que o campus nunca foi de grande aprovação pelos reitor e diretores, anteriores e atuais.
Seria coincidência que alguns de seus cursos tenham sofrido ultimamente ameaça de deixarem de existirem, como a Obstetrícia?
A marginalização dos cursos, do campus e da região sempre foram gritantes, porém, felizmente, a maioria dos estudantes estão unidos a favor dos interesses coletivos, lutando pela volta às aulas, sim, mas no campus que tantos idealizaram, todos os cursos unidos para manterem sua força e terem seus primeiros anos comuns possíveis. E em uma região que diariamente sofre exclusão e discriminação, levando, assim, a educação superior e de qualidade a regiões mais afastadas.

Alguns estudantes propuseram as aulas na Cidade Universitária, em Pinheiros e outras em regiões, outros eram favoráveis ao cancelamento do semestre. A maioria decidiu, em votação, a manter os critérios da Assembleia anterior e retomá-los, sobretudo para manterem-se unidos e, assim, mais fortes para lutarem pela EACH na USP Leste perante a essa ameaça iminente de separação, fechamento de futuras vagas para seus cursos e “morte” do campus. Segue a fala de um estudante: “De que adianta um diploma de uma faculdade que não existe mais?”.

Resumindo…
Portanto, as aulas dos nossos colegas não começarão segunda-feira(24/03/2014), tampouco serão no campus Pinheiros (incluindo FSP). Há previsão de um ato terça-feira.

Apoiamos a EACH e estamos nesta luta, somos todos USP!

ATUALIZAÇÃO: 23/03/2014 – 01h09

Divulgamos a ata redigida pelo estudante de obstetrícia Vinícius Becker de Souza:
Ata assembleia estudantes EACH 22mar2014

Texto e foto por Nicole Reis.

____________________________________________

capture-20140321-111917

Olá pessoal, como todos sabem, o campus da USP Leste está interditado por fatores ambientais e, por causa disto, a faculdade foi fechada e o começo das aulas adiado até segunda ordem. Primeiro, a reitoria disse que as aulas voltariam no dia 10 de março, mas nada aconteceu, e agora nos foi dito que as aulas voltam no dia 24 de março (segunda-feira)…e daí que entra você nessa história.

Como o campus da USP Leste ainda está interditado, a reitora resolveu dividir os cursos por diversas faculdades, da USP ou não, e a FSP entra nessa história, junto com a FM, EE e POLI.
Nós do CAER, desde o começo, nos posicionamos a favor da luta dos estudantes da EACH, mas também precisamos saber da sua opinião e de suas ideias. Por isso, nós gostaríamos de ouvir de você, estudante da FSP:

O QUE VOCÊ ACHA DA VINDA DOS ESTUDANTES DA EACH PARA A FSP?

Fizemos um questionário online para ser respondido anonimamente. Não deixe de participar e contribuir para a melhoria de nossa faculdade e para o melhor acolhimento dos estudantes da EACH.

10150621_547460775352068_653862133_n

Também, convidamos a todos a virem hoje, às 18h, na Assembleia dos Estudantes da EACH, para ficar por cima do que está acontecendo em nossa universidade.

Fontes:
http://www.usp.br/imprensa/?p=37856
http://each.uspnet.usp.br/site/conteudo-imprensa-noticia.php?noticia=1752
http://www.estadao.com.br/noticias/vida,aulas-da-usp-leste-vao-para-campus-saude-e-instituicao-particular,1143091,0.htm

MUDA SP na FSP

mudafsppequeno

Espaço MUDA SP – Semana de Recepção dos Calouros FSP USP 2014

Pela primeira vez na Semana de Recepção tivemos a presença do Movimento Urbano de Agroecologia de São Paulo.

“O MUDA SP é uma iniciativa conjunta de pessoas e organizações que atuam nas áreas de ecologia, agricultura sem venenos, convívio nos espaços urbanos, comércio justo, educação ambiental, gastronomia saudável, segurança alimentar e saúde pública, incluindo setores do poder público executivo e legislativo do município”¹.

O conhecimento seguido da reflexão e questionamento sobre como o alimento chega à mesa, como é consumido e como são descartadas as sobras é essencial. Os participantes deste ciclo somos nós, nossa família, amigos e futuros pacientes. Nele está integrada uma relação social, psicológica, econômica e cultural que não se dissociam e precisam ser levadas em consideração. Nutricionistas e sanitaristas lidam diretamente com a promoção da saúde, segurança alimentar e com a população, daí a necessidade de visar a saúde não apenas como suprimento das necessidades fisiológicas e ausência de doenças nos indivíduos. Convidamos o MUDA SP à Faculdade de Saúde Pública FSP USP pois acreditamos que o contato desde o início da formação dos estudantes possibilita uma maior conscientização tanto como cidadãos como futuros profissionais da saúde que, assim, poderão partilhar com mais responsabilidade o conhecimento com população, visando a saúde humana e ambiental.

Uma das necessidades básicas do indivíduo é a alimentação, mas comer e beber vai muito além de pensar em nutrientes, selecionar porções e fazer recomendações nutricionais.

O que vem neste prato além dos nutrientes de cada alimento?
A comida em seu aspecto integral, as toxinas nela presentes, a tradição local, o status que ela gera, os sentimentos que traz a quem come, quem produz, o acesso da população a esse alimento etc. Além disso o histórico daquilo que está na mesa, de onde veio, quem plantou, quem transportou, quem ganha com isso, a justiça , a conscientização. A agroecologia discute o impacto ambiental e social gerado desde a produção até a distribuição, ingestão e descarte de sobra destes alimentos sempre respeitando e o planeta e pensando em alternativas sustentáveis.

Agradecemos a presença de todos os participantes da roda sobretudo do Samuel Iwassaki( permacultor e professor de ioga), Susana Priz (arquiteta), Vanessa Menk (nutricionista e permacultora) e Stéphane, integrantes do MUDA SP, sem os quais a realização desta conversa não seria possível.

Texto integral de Nicole Samanta Dantas Reis

Convidamos a todos que conheçam mais sobre a agroecologia, alguns textos e filmes informativos:

Filmes recomendados: Pontal do Buriti: http://www.youtube.com/watch?v=qHQdWwZcGlg
O Veneno está na Mesa: http://www.youtube.com/watch?v=8RVAgD44AGg

Para mais informações acesse https://www.facebook.com/mudaspoficial

MUDA SP

Boa notícia aos alunos da FSP sobre o CsF

Algumas semanas atrás publicamos um post sobre a saída de alguns cursos da saúde (entre eles nutrição) e  ciências humanas do edital do Ciências sem fronteiras.ciencia-sem-fronteiras1

Nós estavamos acompanhando rumores de que essa retificação que excluía os cursos teria sido anulada.

Ontem os alunos da FSP receberam um e-mail da CCint- FSP avisando que já seria possível a inscrição no programa segundo os requisitos de cada edital.

Prezados Alunos de Graduação,

Tendo em vista a retificação dos vários editais do Programa Ciência sem Fronteiras e a eliminação da lista dos cursos aos quais os alunos deveriam estar vinculados, informamos que agora é possível a inscrição dos alunos de graduação dos cursos da FSP (Nutrição e Saúde Pública), desde que os alunos atendam os requisitos dos respectivos editais.
O prazo máximo para efetivar a inscrição no site do Programa CsF e no sistema MUNDUS (lembrando que as inscrições deverão ser simultâneas e somente para um edital) poderá ser feita até o dia 25 de janeiro de 2013 (data limite para ambas).
Estando à disposição para dúvidas, atenciosamente
Viviane Jaremcrusk
Assessora
CRInt-FSP-USP
Fone: 3061-7104″

 

Gostariamos de ressaltar que houve muita movimentação por parte de  alunos de várias instituições para que isto pudesse acontecer.

Há um grupo grande que se organiza pelas redes socias chamado Ciências Com Fronteiras, que teve uma ótima atuação nos orgãos superiores, em audiências e reuniões com deputados, pessoas da Capes e outros.  Ainda existem muitos cursos que ainda não podem se inscrever..

Quem quiser conehcer o grupo e saber das últimas notícias pode acessar o https://www.facebook.com/CienciaComFronteiras?fref=ts